quinta-feira, 30 de março de 2017

Leitura obrigatória - Prevenção ao plágio

A Constituição Federal em seu artigo 5º estabelece que “aos autores pertence o direito exclusivo de utilização, publicação ou reprodução de suas obras, transmissível aos herdeiros pelo tempo que a lei fixar”. Conheça os diferentes tipos de plágio (Plágio direto, indireto, uso de paráfrase sem atribuição de crédito, elaboração de mosaico, uso inadequado de chavões, plágio de fontes e auto-plágio conforme Dayanne Estrela (2013)  CLIQUE AQUI
Na legislação brasileira o crime do plágio está estabelecido no artigo 184 do Código Penal " Violar direitos de autor e os que lhe são conexos", cuja pena pode ser a detenção, de 3 (três) meses a 1 (um) ano, ou multa.
Hoje em dia já existem vários softwares que verificam se os trabalhos acadêmicos são plágio ou não. Por esta razão deve-se usar com moderação e ética os recursos de COPIAR (Ctrl C) e COLAR (Crtl V). O diagrama abaixo criado por Erin Gabrielson,estudante da Universidade de Indiana SLIS,pode lhe alertar sobre algumas situações.
Acesse o site "Escrita Científica" da USP e saiba mais sobre os recursos Anti-Plágio CLIQUE AQUI





Fonte: Centro de Informações Nucleares - CIN

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AddToAny